Português Inglês

Página Inicial

Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina

Cora Coralina (Poetisa brasileira 1889 – 1985)

Mover para esquerda Mover para direita

equipe motivada: o grande desafio

EQUIPE MOTIVADA: O GRANDE DESAFIO

 


Por: Márcia Campiolo


A motivação no trabalho, pode ser definida, como a energia que  fortalece,  dirige, envolve  e sustenta os esforços de uma pessoa em seu trabalho.


Motivar a equipe é um grande desafio a ser enfrentado pelos gestores na área de saúde, mas, antes de tudo, os gestores, precisam ter clareza na compreensão, do que significa um colaborador motivado e quais as condições necessárias para que alcance este objetivo.


É importante salientar que diante de um mercado altamente competitivo e exigente, como este que se apresenta,  precisamos cada vez mais,  que cada funcionário esteja empenhado e comprometido com o sucesso da clínica, sua missão e visão, uso racional de recursos, além da produção de trabalho com elevados níveis de excelência e em constante desenvolvimento e aperfeiçoamento.


É comum, diante da necessidade de elevar a motivação da equipe, o gestor contratar palestrantes ou enviar colaboradores para palestras sobre Motivação. Mas, frequentemente, esta medida se mostra pouco eficaz, com baixos resultados satisfatórios, porque ela parte do presuposto básico, de que o problema está no funcionário, que ele deveria se automotivar. Estratégias que visam elevar a automotivação do colaborador, só poderá obter melhores resultados, caso seja acompanhada de um ambiente de trabalho com estrutura organizada e funcionando no sentido de manter a equipe com elevados níveis de satisfação com o trabalho.


É possível, um colaborador desmotivado, que é mal remunerado, que não vê perspectivas de crescimento, que sente-se desvalorizado em seu ambente de trabalho, transformar-se em um colaborador motivado porque assistiu uma palestra de motivação?


            Com certeza, esta face complexa do ser humano, merece uma análise mais profunda. Precisamos então levantar algumas considerações importantes ligadas aos aspectos motivacionais no trabalho, para que possamos ampliar a compreensão sobre o assunto.


Entre os fatores que atuam sobre a energia motivacional dos funcionários, podemos citar: a perspectiva de crescimento profissional, remuneração, benefícios oferecidos, reconhecimento pelo trabalho, as normas e regras sob as quais os funcionários estão subordinados, as condições de estrutura e materiais para a realização do trabalho, além do estilo de liderança que é exercido dentro da clínica.


No que se refere perspectiva profissional, é preciso assinalar a importância de  propiciar aos colaboradores condições para crescimento profissional, investimento no treinamento e educação continuada da equipe, além de observar e avaliar as potencialidades e o progresso de cada membro, com vistas a propiciar condições para assumir novas funções e responsabilidades dentro da clínica.


A Remuneração deve estar estar em sintonia com os salários do mercado externo, assim como internamente, entre os funcionários da clínica. Aumentos uniformes, nem sempre são uma boa idéia, deve-se, sempre que possível procurar avaliar os salários no conjunto da equipe e individualmente. Além da remuneração fixa, sempre que possível, é importante agregar benefícios, que possam  melhorar as condições de trabalho e de qualidade de vida aos colaboradores.


O ser humano tem uma grande necessidade de reconhecimento no trabalho. Costuma ser frustante quando o esforço e o empenho caem no vazio da ausência de visibilidade. Este, pode ser um poderoso combustível para a desmotivação de um colaborador. É frequente, as lideranças prestarem mais atenção aos erros cometidos do que em relação ao esforço realizado.  Assim, prestar atenção e reconhecer o desempenho e esforço de sua equipe, torna-se um forte aliado dos níveis de motivação da equipe da clínica.


Um aspecto que deve também ser considerado refere-se as  normas e regras do local de trabalho. É preciso cautela, para  não enrijecer demasiadamente as normas de funcionamento da clínica, para não criar um clima hostil e sem a flexibilidade  necessária para a execução do trabalho e bem estar da equipe.


Além disso,  organize o local de trabalho para torná-lo um ambiente agradável, com os materiais necessários à plena realização das atribuições de cada um. Observe também os aspectos ergonômicos dos ambientes de trabalho, no que se refere a iluminação mobiliário e equipamentos.


Em relação ao estilo de liderança exercida na clínica, é preciso assinalar, que preparar-se para o exercício da liderança é uma necessidade, uma vez que é comum observarmos no mercado, gestores sem o preparo necessário para conduzir sua equipe no caminho da motivação.  O lider, tem um papel significativo na motivação dos colaboradores, assim deve saber delegar, orientar, reconhecer, respeitar, agregar e valorizar,  seus colaboradores.


       Colaboradores com elevada motivação,  não são uma utopia, mas exigem do gestor um trabalho minucioso na construção de um equipe sintozinada com a clínica, buscando com firmeza o crescimento e sucesso  do seu local de trabalho .


As clínicas médicas, precisam ter equipes preparadas e motivadas para tornar possível um sólido sucesso profissional, pois, como disse Walt Disney: ′Você pode sonhar, projetar, criar e construir o lugar mais maravilhoso do mundo, mas é preciso pessoas para tornar o sonho realidade′




Todos os artigos são de autoria de Márcia Campiolo e não podem ser alterados ou republicados sem a permissão da autora.

Clickweb Agência Digital